http://diocesejuazeiroba.blogspot.com.br/2013/06/diocese-de-juazeiro-bahia.html
http://diocesejuazeiroba.blogspot.com.br/2013/09/o-bispo.html
http://diocesejuazeiroba.blogspot.com.br/2014/05/convite-inauguracao-da-catedral-e.html
#
#

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

DECRETO SOBRE TRABALHO ESCRAVO NO BRASIL PODE LEVAR A 'RETROCESSOS LAMENTÁVEIS', ALERTA CPT

A Comissão Pastoral da Terra (CPT), entidade ligada à Igreja Católica engajada no combate ao trabalho escravo e aos conflitos no campo, criticou a portaria divulgada pelo governo segunda-feira (16/10), com novas regras para o combate à escravidão contemporânea. Segundo a CPT, a norma "acaba" com o livre exercício do Estado na fiscalização e punição desse tipo de crime.

Na prática, o decreto modifica a definição de trabalho escravo e deixa nas mãos do ministro a inclusão de empresas na chamada "lista suja", que engloba aqueles que desrespeitam os direitos trabalhistas.
Segundo o texto, publicado no Diário Oficial da União, apenas poderá ser considerada escravidão a submissão do trabalhador sob ameaça de castigo, a proibição de transporte obrigando ao isolamento geográfico, a vigilância armada para manter o trabalhador no local de trabalho e a retenção de documentos pessoais.
A Comissão Pastoral da Terra lamenta as mudanças em conceitos ligados à caracterização do trabalho escravo, como a que vincula a jornada exaustiva e o trabalho degradante ao impedimento de locomoção do trabalhador.  
Também a Organização Internacional do Trabalho (OIT) manifestou "preocupação" pelas mudanças em torno da definição e da fiscalização contra o trabalho escravo no Brasil, informou Antônio Rosa, representante da entidade em Brasília.
"O Brasil, a partir de hoje, deixa de ser referência no combate à escravidão que estava sendo na comunidade internacional", disse Rosa, que é coordenador do Programa de Combate ao Trabalho Escravo da OIT no país. O decreto estabelece um conceito "condicionado à situação de liberdade, e não é assim no mundo, a escravidão moderna não é caracterizada assim", lamentou.
Em Nota Pública, a CPT, através de sua Campanha de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo, e a Comissão Episcopal Pastoral Especial de Enfrentamento ao Tráfico Humano da CNBB, se manifestam sobre a Portaria do Ministério do Trabalho que "numa só canetada, elimina os principais entraves ao livre exercício do trabalho escravo tais quais estabelecidos por leis, normas e portarias anteriores". 
Confira a íntegra da nota, publicada em 16 de outubro de 2017.
Fonte: Rádio Vaticano

terça-feira, 10 de outubro de 2017

JUAZEIRO SEDIA O DIA NACIONAL DA JUVENTUDE NESTE DOMINGO (15)

Com o tema: “Juventude em defesa da vida dos povos e da mãe Terra” e o lema: “Os humildes herdarão a terra” (Sl, 37,11) será realizado o Dia Nacional da Juventude (DNJ) da Diocese de Juazeiro Bahia, neste domingo (15). O evento organizado pelo Setor Diocesano da Juventude de Juazeiro (SDJ) acontecerá no Colégio Municipal Paulo VI, a partir das 8h.


As inscrições podem ser feitas através do link: http://bit.ly/inscricaodnj2017

Este ano, o DNJ terá um formato diferente dos anteriores, de acordo com o referencial do SDJ, o padre Diego Monteiro, “terão mais momentos de interação com os jovens, também a oportunidade deles exercerem o protagonismo juvenil, trazendo para cá apresentações: música, teatro, dança; terão oficinas mais temáticas”. O evento será iniciado com a acolhida, logo após terá o Momento Mariano, motivação inicial, animação, fala jovem, apresentação jovem, Santa Missa, louvor, dinâmica, orações, workshops, apresentações culturais e premiações dos concursos.
O evento acontece em todo o país e é aberto ao público católico jovem e, estão sendo aguardados grupos de jovens de várias cidades que pertencem a Diocese como: Campo Alegre de Lourdes, Casa Nova, Curaçá, Pilão Arcado, Remanso, Santana do Sobrado, Sento sé, Sobradinho e Uauá, além de movimentos, pastorais e toda a sociedade de Juazeiro e região.
Segundo o Padre Diego Monteiro, o DNJ “é importante porque é a coroação do trabalho juvenil da Diocese. Todo mundo que faz parte desse trabalho: grupos, pastorais, movimentos, os jovens católicos que são destinatários e protagonistas do processo, porque tem uma equipe jovem pensando nisso, é a oportunidade que nós temos de concluir todos os nossos trabalhos, justamente, participando”.
DNJ
O Dia Nacional da Juventude surgiu em 1985, durante o Ano Internacional da Juventude promovido pela Organização das Nações Unidas, e é o principal evento da Pastoral Juvenil no Brasil. Todos os anos organiza-se um dia de festa da juventude, sempre com um tema importante a ser debatido e trabalhado com os grupos. O DNJ acontece em todos os estados. 
Equipe de Comunicação SDJ.

CONGRESSO MARIANO REÚNE MAIS DE TRÊS MIL PESSOAS DE NOVE MUNICÍPIOS EM JUAZEIRO

Celebrar os trezentos anos do achado da imagem de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil. Foi com esse objetivo que milhares de fiéis de vários municípios do norte baiano se reuniram neste domingo (08) em Juazeiro para participar do Congresso Mariano realizado pela Diocese. A Igreja Nossa Senhora Aparecida, no bairro João Paulo II, ficou lotada com mais de três mil pessoas. Orações, louvor, palestra e apresentações artísticas fizeram parte da programação.


O Assessor do encontro foi o Arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. Ele falou sobre a importância da devoção à Maria na vida dos discípulos de Jesus. “Um dia me perguntaram: 'Dom Murilo, os católicos não exageram no amor a Maria?'. Eu respondi: 'Olha, Jesus nos disse 'amai-vos uns aos outros como eu vos amei'. Então, alguém só vai exagerar no amor à Maria se amá-la mais do que Jesus. Mas eu pergunto: será que alguém na terra amou mais Maria do que Jesus?”, disse em trecho de sua pregação.

Durante o congresso também houve um bate papo, onde Dom Murilo respondeu à diversas perguntas feitas pelos congressistas. Ao final deste momento, Dom Beto Breis, bispo de Juazeiro, dirigiu palavras de agradecimento a Dom Murilo que elogiou a todos pela atenção. "Penso que é dever de um bispo ajudar o povo a conhecer as riquezas da nossa Igreja. Ninguém ama o que não conhece. Por isso é uma alegria para mim poder estar aqui com vocês", ressaltou.


O Congresso Mariano da Diocese de Juazeiro se estendeu durante todo o dia, reunindo caravanas de todas as paróquias da Diocese, totalizando nove municípios, bem como membros de pastorais, movimentos e grupos. “Isso foi o mais bonito nesse congresso, ver a união da nossa Igreja diocesana, a nossa diocesaneidade. Todos juntos, os de longe e os de perto, sentindo-se um só povo de Deus”, ressaltou Dom Beto Breis, bispo diocesano, na Missa conclusiva do congresso.







Pascom diocesana

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

O VELHO CHICO NA UTI, VENDO A MORTE DE PERTO

rio São Francisco, também chamado de Rio da Integração Nacional ou, para o povão, Velho Chico, vive uma situação nunca vista. Fornece água para abastecer cidades, irrigar a agricultura, gerar energia e ainda dá o peixe. Mas o homem só faz explorá-lo. Carinho zero, nem para evitar maus-tratos.
A reportagem é de Levi Vasconcelos, publicada por A Tarde, 30-09-2017.
O assunto foi o principal, ontem, no Encontro dos Presidentes de Assembleias do Nordeste, o Parlanordeste.
O presidente de AlagoasLuiz Dantas Lima (PMDB), resumiu uma parte do flagelo, o da banda mais próxima do mar:
– Antes, o Velho Chico botava água doce mais de cinco quilômetros mar afora. Agora, mais de 50 quilômetros rio adentro estão salgados. Em algumas localidades o abastecimento virou um sério problema. A vazão mínima estimada é de 1.850 metros cúbicos por segundo. Estamos com um terço disso, apenas 550 metros.
Os deputados fecharam também com a defesa da Eletrobrás, porque, segundo Ângelo Coronel (PSD), uma coisa (o rio) está imbricada com a outra.
– O rio não está morrendo, está morto. Ninguém fala em preservar, só em recuperar. Em Remanso a captação de água está a 7 km de distância do que era antes.
Pressão federal — E qual é a estratégia para dar eficácia a tais iniciativas. Segundo Coronel, a principal é fazer pressão sobre deputados e senadores de cada estado.
Novo encontro — Segunda à tarde a Assembleia realiza outro grande evento em defesa do Velho Chico. Os presidentes das comissões de Meio Ambiente de BahiaMinasPernambucoSergipe e Alagoas, mais os da Paraíba e Ceará, que recebem água da transposição, vão se juntar aos senadores Otto Alencar (PSD) e Lídice da Mata (PSB).
Canal do sertão
Já o deputado José Carlos Aleluia (DEM) soltou foguetes para o fato de o governo ter liberado o edital para a elaboração do projeto da primeira etapa do Canal do Sertão, que vai tirar água do São Francisco até a região de Jacobina, passando por 42 municípios. Mas tirar água de onde?
Aleluia diz que a vazão do canal é de apenas 20 metros cúbicos por segundo e não é permanente, só na necessidade.
– Além disso, acompanha o projeto um eficaz sistema de revitalização.
Eis a questão: todo projeto promete isso.

Fonte: IHU Unisinos

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

DIOCESE VAI REALIZAR CONGRESSO EM HOMENAGEM A 300 ANOS DE APARECIDA. DEFESA DO RIO FAZ PARTE DA PROGRAMAÇÃO

Em comemoração aos 300 anos do achado de N. Sra. Aparecida, padroeira do Brasil, a Diocese de Juazeiro irá realizar no próximo dia 08 de outubro um Congresso Mariano a nível diocesano. O evento – que acontecerá na Igreja N. Sra. Aparecida no bairro João Paulo II em Juazeiro, à partir das 8h, durante todo o dia – irá reunir cerca de duas mil pessoas de nove cidades do norte baiano para momentos de devoção em homenagem à Mãe de Jesus. Uma coletiva foi realizada na manhã desta quinta-feira (28) para apresentar o congresso.
O evento contará com a presença do Vice-presidente da CNBB e Arcebispo de Salvador, Dom Murilo Krieger, que recentemente lançou um livro sobre a Virgem Maria. A programação inclui palestra, bate-papo com o conferencista, apresentações artísticas, momentos de espiritualidade e a Santa Missa no encerramento. A entrada é gratuita, mas quem se inscrever oficialmente no evento terá direito a um Kit mariano (com bolsa, livreto de cantos e anotações, caneta, uma caneca e um leque), além do almoço no local.

Defesa do Velho Chico
Uma das temáticas que serão tratadas no evento será a defesa do Rio São Francisco e a convivência com o Semi-Árido. O assunto será apresentado em parceria com o Irpaa – Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada. A entidade preparou textos para serem distribuídos aos congressistas junto com o Kit mariano. A parceria está em sintonia com a preocupação do Papa Francisco com as questões ambientais. 
"Nós nos preocupamos bastante com a situação do Rio São Francisco, o que inclui a privatização da Chesf. Para nós isso pode significar também uma privatização das águas do rio", alertou o Bispo de Juazeiro, Dom Beto Breis, criticando ainda o projeto de transposição do Rio Tocantins para o Velho Chico. "Uma pessoa anêmica não pode doar sangue. O rio Tocantins também está passando por uma situação difícil. Fazer outra transposição é descobrir um santo para cobrir outro. E também não sabemos que interesses realmente estão por trás disso", alfinetou. "Há outras formas de resolver o problema do Rio São Francisco, recuperando os mananciais, investindo em revitalização".

A coletiva de imprensa contou com a presença do Pe. Evidaldo, pároco da Paróquia anfitriã do congresso, Irmã Elita Maria Jonck e do bispo Dom Beto Breis (da esquerda para a direita).
Inscrições
As inscrições para o Congresso Mariano podem ser feitas em todas as Paróquias da Diocese de Juazeiro – que inclui também as cidades de Uauá, Casa Nova, Sobradinho, Pilão Arcado, Curaçá, Remanso, Campo Alegre de Lourdes e Sento Sé. Segundo a Diocese, o evento já conta com cerca de mil inscritos. Os interessados podem ainda adquirir a camisa do evento, também nas paróquias.
PROGRAMAÇÃO DO CONGRESSO MARIANO:
6h30 – Acolhida, café da manhã e entrega do “Kit mariano”
8h – Início com animação, acolhida das paróquias e entrada da Imagem de N. Sra. Aparecida
8h45 – Oração Inicial do Congresso
9h15 – Assessoria de Dom Murilo Krieger (Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, vice-presidente da CNBB)
10h30 – Intervalo
11h – Bate-papo com perguntas e respostas (Dom Murilo Krieger)
12h – Ofício de Nossa Senhora
12h30 – Almoço
14h – Animação e apresentações artísticas marianas
15h – Reza do Terço (Terço dos Homens)
16h – Celebração Eucarística
18h – Oração do Ângelus e Ave-Maria Sertaneja (com participação de Targino Gondim)

terça-feira, 26 de setembro de 2017

DEVOÇÃO À SÃO SALVADOR EM PILÃO ARCADO REÚNE FIÉIS EM ROMARIA

Fé, confiança e cultivo de uma tradição. Foi com esses sentimentos que mais de 500 romeiros participaram no último domingo de mais uma Romaria do São Salvador, na comunidade de Feijão, no interior de Pilão Arcado. Havia romeiros da nossa Diocese, mas também das Dioceses vizinhas de Bom Jesus do Gurguéia e de São Raimundo Nonato, do Piauí. O nosso Bispo diocesano, Dom Beto Breis, também esteve presente para conhecer a romaria que já é realizada há 14 anos.
“Esse ano foi a primeira vez que contamos com a presença de um bispo na romaria, por isso a comunidade ficou muito feliz”, contou o Padre Guilherme Mayer, pároco de Pilão Arcado. “Só da cidade de Pilão Arcado vieram dois ônibus. Também tivemos um grupo de 40 motoqueiros que vieram participar a fim de fazer seus pedidos”.
A Romaria de São Salvador começou com a devoção do povo da localidade de Feijão a uma imagem do menino Jesus com o título de “São Salvador”. A comunidade celebra todos os anos a festa do Menino no dia 25 de dezembro, por conta do Natal. Mas devido às épocas de seca as romarias geralmente são celebradas no mês de setembro.
Segundo padre Guilherme, o povo sai de suas casas no sábado de madrugada e passam todo o dia no Feijão. “Durante a romaria, além dos momentos de oração e devoção, as pessoas são divididas em grupos de homens, mulheres e jovens para discutir os problemas que eles estão enfrentando como comunidade e na sociedade”, explica o padre. Também há momentos de confissão e neste ano houve ainda a bênção dos veículos, especialmente para o grupo de motoqueiros presentes.
“Tivemos uma repercussão muito boa este ano”, expressou Pe. Guilherme. “Todos os anos a romaria tem crescido e é um momento importante para fortalecer a fé das pessoas e também para ajuda-las a discutir os problemas que enfrentam e encontrar soluções”.
Origem da devoção
A devoção ao São Salvador surgiu, segundo histórias locais, de um quadro do Menino Jesus comprado por um dos moradores após participar de uma romaria em Bom Jesus da Lapa. O quadro foi levado à casa de uma pessoa da vila e logo a comunidade se apressou a construir uma capela para guardar a pintura. Assim que foi construída a igreja, começaram a haver celebrações e orações no local, atraindo pessoas dali e de outros locais da região.  

Pascom diocesana

terça-feira, 19 de setembro de 2017

PARÓQUIA SÃO COSME E SÃO DAMIÃO REALIZA NOVENA FESTIVA DOS PADROEIROS

A Igreja matriz da Paróquia do Cosminho em Juazeiro vivencia desde o último domingo (17) momentos festivos em homenagem aos seus padroeiros, São Cosme e São Damião. Segundo o pároco, Pe. José Felipe, a novena está sendo um momento de renovação. “A igreja está ficando lotada todos os dias. Após a celebração temos também quermesse com música e confraternização no salão da igreja", disse. A novena irá até o dia 25. No dia 26 será a grande festa com procissão e Missa solene.
O tema da festa esse ano é "Seja positivo, como Maria no Magnificat e os santos Cosme e Damião no seguimento de Cristo". Segundo Pe. José Filipe, com experiência em atender muitas pessoas também como psicólogo, vivemos numa sociedade marcada pela negatividade. "A primeira positividade vem quando colocamos Deus no centro da nossa vida. A fé nos dá esperança e nos ajuda a olhar o mundo com outros olhos", disse.
A noite desta segunda-feira (18) foi presidida pelo Pe. Francisco Ferreira da Diocese-irmã de Petrolina. Nesta terça-feira (19), a terceira noite da Novena dedicada aos santos mártires, será presidida pelo Pe. Manuel Rodrigues, também da Diocese de Petrolina.
Confira a Programação para os dias seguintes:
20/09 – quarta-feira – Pe. Jodean Amâncio
21/09 – quinta-feira – Pe. Benedito Rosa
22/09 - sexta-feira – Pe. Isael Brito
23/09 – sábado – Pe. Diego Monteiro
24/09 – Domingo – Pe. João Borges
25/09 - segunda-feira – Pe. Josemar Mota
26/09 – MISSA FESTIVA (terça-feira) – Dom Beto Breis 

Texto: Pascom diocesana | Fotos: Pascom Cosminho 

 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."