sábado, 1 de junho de 2013

Paróquia São Cosme e São Damião



Paróquia São Cosme e São Damião
Rua Cícero Feitosa, 26 - Alagadiço
48904-350 Juazeiro-BA
Tel.: (74) 3611-8639
www.paroquiacosminho.blogspot.com




Histórico:


A 1ª capelinha de São Cosme e São Damião foi construída por volta de 1957, e ainda se mantém, funcionando atualmente como secretaria da paróquia. Antes disso, o terreno onde hoje fica a matriz do Cosminho era uma espécie de chácara onde havia um terreiro de candomblé. A chácara pertencia a uma senhora chamada Dona Malú – que após um sonho decidiu vender seu terreno à Igreja. Foi o que fez, cedendo o terreno à paróquia de Juazeiro, a um preço módico. Ela, juntamente com a família, construiu então a capela e fez um pedido: que a igrejinha fosse dedicada aos santos Cosme e Damião. Assim foi feito. Após a criação da Diocese, em 1962, e a chegada de Dom Tomás Murphy, começam as primeiras reuniões com as famílias do bairro Alagadiço, entre elas a família Matos, que por vários anos ficou a frente da comunidade. O primeiro grupo a se formar no local foi a Legião de Maria, fundada ali pela religiosa Ir. Antônia. Em 1971, o Cosminho recebe seu primeiro padre: Monsenhor Nestor Dias Lima. Inicialmente, ele atendia apenas a capela. A partir daí foi construído um salão para eventos (onde hoje funciona a igreja) e uma quadra de esportes para os jovens. Em 1973, Dom Tomás oficializa a criação da Paróquia de São Cosme e São Damião, integrando também a capela de Sta. Maria Goretti (inaugurada em 1955) e, depois, a capela de São José, no Alto da Maravilha. Com a morte de Mons. Nestor a paróquia ficará vários anos sem a presença de um padre residente. Ajudaram a paróquia neste tempo os padres Renivaldo e, depois, Pe. Amâncio que era pároco da Catedral, mas vinha celebrar no Cosminho uma vez por mês. Somente em 2001 a paróquia ganha seu segundo padre residente: o jovem Pe. Gilvan Régio. Foi um tempo de reestruturação da paróquia, que, pela falta de padre, tinha diminuído suas atividades. Foram criadas pastorais, movimentos, grupos, especialmente foi incentivado o trabalho com jovens e casais. Todas as igrejas foram reformadas e a administração reorganizada, com a criação de conselhos comunitários. Também na época de Pe. Gilvan a paróquia volta a ter a celebração da Missa diária (que acontecia na época de Mons. Nestor), renovando a vida de fé da comunidade. Em 2006, Pe. Gilvan é transferido e chega ao Cosminho seu novo pároco: o indiano Padre José Filipe Pulpayil. Cheio de ideias, Padre Filipe com seu jeito próprio dá continuidade ao trabalho da paróquia, reforçando a espiritualidade e o compromisso social. A paróquia passa a promover vários trabalhos: Escola de música, aula de computação, eventos de evangelização, especialmente a Caminhada pela Paz que envolve toda a cidade, tornando-se um dos maiores eventos da Diocese. Em 2011 é criada a Fábrica de Sabão ecológico Jubileu. Com seu trabalho, adre Filipe também tem deixado sua marca na paróquia: a acolhida, disponibilidade em atender confissões e aconselhamentos, dinamismo missionário, uso da tecnologia e amor a Eucaristia.




Presbítero:



Pe. José Filipe Pulpayil - Nasc.: 24/11/1957
Tel.: (74) 3611-8639 | Cel.: (74) 8819-0349
josephpulpayil@hotmail.com


 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."