sábado, 24 de janeiro de 2015

Vaticano anuncia que a Igreja terá 23 novos beatos e veneráveis.


Em comunicado, o Vaticano divulgou hoje, 23, a decisão do papa Francisco em autorizar a publicação de 11 decretos que reconhecem um milagre, 21 martírios e 7 virtudes heroicas de religiosos e leigos. Os futuros beatos e veneráveis viveram em países como África do Sul, Bolívia, Cazaquistão, Espanha, Estados Unidos, Itália, Filipinas e Ucrânia. A Igreja Católica terá em breve 23 novos beatos e 7 novos veneráveis Servos de Deus.

Beata e mártires

A Pontifícia Congregação para Causa dos Santos reconheceu o milagre atribuído à intercessão de Maria Teresa Casini, Fundadora da Congregação das Irmãs Oblatas do Sagrado Coração de Jesus. Após o reconhecimento, será atribuído a religiosa será chamada de beata Maria Teresa Casini.

Outros 22 futuros beatos serão elevados à glória dos altares sem a necessidade da comprovação de milagre. Eles foram reconhecidos pelo testemunho de fé por meio de martírio. Destes, 21 são religiosos e religiosas assassinados por ódio à Fé durante a Guerra Civil espanhola: Irmã Fidelia e duas companheiras religiosas do Instituto das Irmãs de São José de Girona e Padre Pio Heredia e 17 companheiros e companheiras das Ordens dos Cistercienses da Estreita Observância (Trapistas) e de São Bernardo. Também foi reconhecido o martírio do leigo Tshimangadzo Samuele Benedetto Daswa, morto por ódio à Fé na África do Sul em 1990.

A Igreja irá declarar, também, outros 4 religiosos e religiosas e 3 leigos como Veneráveis Servos de Deus.

Com informações do CNBB.

 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."