sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Novos cardeais juram fidelidade e obediência ao Papa.






Muito intensa neste Consistório será a celebração deste sábado dia 14 na Basílica de S. Pedro presidida pelo Papa Francisco. Os novos 20 cardeais receberão o barrete vermelho, o anel e a bula de nomeação.

A celebração terá início pelas 11 horas de Roma com um momento de oração em silêncio do Santo Padre seguindo-se uma saudação do primeiro dos novos cardeais, D. Dominique Mamberti, em nome de todos os presentes.

Depois da proclamação do Evangelho e da Homilia serão pronunciados pelo Santo Padre em latim os nomes dos cardeais que farão o juramento de fidelidade e obediência ao Papa e seus sucessores.

Cada um dos novos cardeais ajoelha-se, depois, para receber o barrete cardinalício, de acordo com a ordem de criação. O Papa entrega ainda um anel aos cardeais para que se “reforce o amor pela Igreja”, seguindo-se a atribuição a cada cardeal de uma igreja de Roma – que simboliza a “participação na solicitude pastoral do Papa” na cidade -, bem como a entrega da bula de criação cardinalícia, momento selado por um abraço de paz.

Cada cardeal é inserido na respetiva ordem (episcopal, presbiteral ou diaconal), uma tradição que remonta aos tempos das primeiras comunidades cristãs de Roma, em que os cardeais eram bispos das igrejas criadas à volta da cidade (suburbicárias) ou representavam os párocos e os diáconos das igrejas locais.

Entretanto, a chamada ‘visita de cortesia’ vai decorrer entre as 16h30 e as 18h30 de Roma. Para este momento os novos cardeais lusófonos vão estar distribuídos da seguinte forma: no átrio da Sala Paulo VI estará o Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente e o bispo de Santiago, o cabo-verdiano D. Arlindo Gomes Furtado; entretanto, D. Júlio Duarte Langa, bispo emérito de Xai-Xai em Moçambique estará na sala ducal do Palácio Apostólico.

(RS/Ecclesia)

 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."