segunda-feira, 9 de março de 2015

Diocese organiza Audiência Pública pela Paz

Equipe reúne-se semanalmente para preparar audiência
No contexto do Ano da Paz, promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Diocese de Juazeiro realizará uma Audiência Pública com o tema “Vale do São Francisco em busca da Paz”. O encontro, marcado para este mês – no dia 25 de março – no Centro de Cultura João Gilberto reunirá representantes dos poderes executivo, legislativo e judiciário de Juazeiro e entidades da sociedade civil.


“Essa é uma iniciativa concreta que surgiu da realização da ‘Caminhada pela Paz’. O objetivo é buscar soluções junto a cada entidade para a promoção da paz na nossa região”, explica padre José Filipe Pulpayil, coordenador da iniciativa. “Esta também é uma ação concreta da Campanha da Fraternidade 2015 que motiva a Igreja a não ficar afastada dos problemas da sociedade”.
Na audiência os representantes de cada instituição serão convidados a refletir sobre o papel que cada órgão precisa assumir a fim de enfrentar a violência em Juazeiro. “O problema não é só da polícia, é preciso ver o papel das escolas, dos vereadores, da prefeitura, das igrejas e da própria população. A violência antes de tudo é causada por uma crise social e cultural. As pessoas estão perdendo o sentido do valor da vida humana”, afirma o sacerdote.
A equipe que organiza o evento conta com o promotor Alexandre Lamas da Costa, do Ministério Público, e reúne-se semanalmente para articular a participação das principais entidades sociais do município. A audiência, porém, será aberta à participação de toda a população. Após as palestras dos representantes convidados, o público terá oportunidade de fazer perguntas e sugerir ações concretas.
Serviço:
Audiência Pública - “Vale do São Francisco em busca da Paz”
No Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro
25 de março às 19h30
Aberta à população

 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."