segunda-feira, 20 de março de 2017

ANO LITÚRGICO É TEMA DE FORMAÇÃO REALIZADA PELA DIOCESE EM CARNAÍBA


"Viver a plenitude no tempo de Deus". “Cada tempo tem sua celebração”. Essas foram questões partilhadas durante o Encontro de Formação Litúrgica Diocesano, realizado entre os dias 17, 18 e 18 de março no Centro de Treinamento para Líderes (CTL), no Distrito de Carnaíba do Sertão, Zona Rural de Juazeiro.

O encontro conduzido pelo leigo especialista em liturgia e música litúrgica, Márcio Antônio de Almeida do Estado de São Paulo, teve participação de vários membros de diversas paróquias da Diocese, que aprenderam sobre o tema "Liturgia no Tempo: celebrar o ano litúrgico como povo de Deus a caminho".

“É a terceira vez que venho à Diocese, então participar desse aprendizado é uma graça. No primeiro momento vivenciado no ano passado, pensamos em trabalhar a música na liturgia, no segundo, ainda em 2016, trabalhamos o Ofício Divino das Comunidades, que é a oração da Igreja. Agora nesta terceira formação estudamos o Ano Litúrgico em cada tempo: Advento, Natal, Epifania do Senhor, Quaresma, Tempo Pascal e Tempo Comum para entendermos como a liturgia flui durante o ano, ficando mais fácil celebrar o mistério de Cristo”, explica o formador.




Para o coordenador da Pastoral Litúrgica Diocesana, José Erimatéia de Oliveira, a liturgia é o centro da vida cristã e serve como essência para as pessoas terem consciência dos serviços realizados na Igreja.

“Devemos participar bem das celebrações, dos mistérios sagrados de Cristo e cada formação realizada traz uma gama de conhecimento, de vivências e a Diocese precisa sempre oferecer isso ao povo para termos compreensão do que estamos celebrando”, ressalta.

A partir do estudo realizado, cada participante assumiu o compromisso de repassar a formação do encontro para as comunidades da sede e interior de suas paróquias.




Texto: Ricardo Sousa
Fotos: Ricardo Sousa e Clara Sousa

 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."