quinta-feira, 30 de março de 2017

CAMINHADA DA PENITÊNCIA CHEGA À 38ª EDIÇÃO NESTE SÁBADO (1º)



A tradicional caminhada penitencial promovida pela Diocese de Juazeiro chega à sua 38ª edição. No próximo sábado, (1º de abril), milhares de fiéis são esperados no trajeto entre a igreja de São Sebastião, bairro Malhada da Areia até a Catedral-Santuário Nossa Senhora das Grotas. Serão mais de quatro horas de caminhada, onde os católicos fazem seus sacrifícios e orações, em preparação à Festa da Páscoa. 

Às 22h acontece a abertura do momento penitencial, com missa presidida pelo Bispo Dom Carlos Alberto (Dom Beto). Em seguida, a caminhada segue pelos bairros Malhada da Areia, Piranga II, Argemiro, Jardim Flórida, Maringá, Santo Antônio e Centro.

Durante o percusso haverá a Via-Sacra e momentos de reflexão, em alusão ao tema da Campanha da Fraternidade 2017, “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” com o lema bíblico “Cultivar e guardar a criação”. O objetivo é cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos, à luz do Evangelho.

Cada participante deverá levar 1 Kg de alimento não perecível, e todo o material será doado para uma instituição social do município.

O pároco da Catedral, Josemar Mota, faz o convite para que todos participem da caminhada, como um “hábito penitencial” lembrando das fragilidades humanas, em busca da reconciliação e conversão.



“Neste tempo quaresmal somos convidados pela palavra de Deus a intensificar a penitência ,a oração e a caridade. Reconheçamos que somos povo de Deus que caminha guiados pela palavra do Cristo, voltados para a prática de cuidar do do projeto de Deus, a criação, e nos preparemos para viver a verdadeira páscoa”, destacou. 







Texto: Ricardo Sousa (Pascom Catedral-Santuário Nossa Senhora das Grotas)
Fotos: Pascom diocesana

 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."