quarta-feira, 29 de março de 2017

"VIDA SIM, DROGAS NÃO": DIOCESE PROMOVE CAPACITAÇÃO SOBRE PASTORAL DA SOBRIEDADE

Trabalhar na prevenção do uso de drogas e no resgate de pessoas que se tornaram dependentes químicos. Esse foi o objetivo do curso de capacitação sobre a Pastoral da Sobriedade, realizado no último final de semana, de 24 a 26 de março, no Centro de Treinamento de Líderes, em Carnaíba. 12 paróquias da nossa Diocese se fizeram presentes pelo envio de representantes.



Segundo Padre Raimundo Jorge, articulador do curso, a Pastoral da Sobriedade é um serviço realizado pela Igreja na defesa da vida de pessoas em situação de dependência. "Ela é um organismo da CNBB e já está presente em muitas dioceses. Em nossa Diocese, na última assembléia, em novembro, assumimos como uma prioridade a implantação desse serviço. Ela trabalha em vários âmbitos, um deles é a prevenção. Também apoia a pessoa no processo de libertação de suas dependências, não apenas das drogas, mas também de outras forças que podem deixar a pessoa presa, escravizada", relatou. 


Ainda de acordo com o padre, a Pastoral da Sobriedade é a porta aberta da Igreja para as pessoas que se encontram na angustia das drogas e que muitas vezes sofrem exclusão da sociedade e até mesmo das famílias. Além do trabalho com dependentes de drogas ilícitas como cocaína e maconha, a pastoral também pretende trabalhar o vício em drogas lícitas como álcool, cigarro, entre outras.



Outro encontro no segundo semestre

"Várias paróquias se fizeram presentes no curso. Algumas enviaram uma equipe boa, com cinco ou seis pessoas. Outras enviaram três, dois ou apenas um representante. Mas para que a pastoral possa iniciar os trabalhos é preciso no mínimo uma equipe de quatro pessoas. Por isso teremos outro encontro no segundo semestre de 2017 a fim de ampliar a equipes e alcançar mais paróquias", disse o padre.

O trabalho da Pastoral da Sobriedade é realizado através de encontros semanais, orientados a partir do subsídio "Os 12 passos da Pastoral da Sobriedade". Cada semana é trabalhado um passo, em encontros que incluem oração, leitura do evangelho e partilha de vida. O trabalho é feito em sintonia com os grupos presentes em todo o Brasil, utilizando o mesmo subsídio para os encontros e através do envio de relatórios para o site nacional da Pastoral (http://www.sobriedade.org.br/). 

Texto: Mirrail Menezes e Leonardo Rodrigues
Fotos: Leonardo Rodrigues

 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."