quarta-feira, 7 de junho de 2017

MISSA DE SÉTIMO DIA DO PADRE GUILHERME FITZ SERÁ CELEBRADA NESTA QUINTA-FEIRA (08)

O Bispo diocesano de Juazeiro, Dom Beto Breis, irá celebrar nessa nesta quinta-feira (08) a Missa de sétimo dia de falecimento do Padre Guilherme Fitz, missionário americano que trabalhou por mais de 40 anos na Diocese. O sacerdote faleceu nos Estados Unidos, onde residia na casa de idosos São Clemente, após exercer quase 74 anos de serviço na vida sacerdotal. A Celebração da Esperança será realizada na Catedral-Santuário N. Sra. das Grotas às 18h.
Uma das últimas fotografias do Padre Guilherme Fitz, enquanto morava nos Estados Unidos
O Padre Guilherme foi uma figura marcante na história da Diocese de Juazeiro. Colega de ordenação de Dom Tomas Murphy, nosso primeiro bispo, Pe. Fitz chegou aqui em junho de 1968, uma semana antes da celebração dos seus 25 anos de sacerdócio.
Passou dois anos em Sento Sé, no norte da Bahia, com o Padre Bernardo Van Hoomisen, seu confrade redentorista. Em 1970 foi transferido para a atual Paróquia de Santo Afonso, então comunidade de “Casas populares” (na época, parte da Paróquia da Catedral). Depois de alguns anos foi confiado a ele o serviço pastoral de toda a zona rural de Juazeiro.
Retornou aos Estados Unidos em janeiro de 2010, onde passou os últimos anos de sua vida junto à Congregação dos Redentoristas, da qual fazia parte. Mas sempre retornava para visitar a Diocese em momentos marcantes, como no jubileu dos 50 anos em 2012.
Atualmente, o corpo do Pe. Guilherme Fitz está enterrado na Casa São Clemente, pertencente à Congregação Redentorista nos Estados Unidos, no mesmo local onde estão os restos mortais de Dom Tomás.
Pascom diocesana

 

Assine a nosso Email

Contate o nosso Email:

pascom.diocesejuazeiroba@gmail.com

Tema Campanha da Fraternidade 2017

"Biomas brasileiros e defesa da vida."